LAMINA TAUARI NATURAL - N215
Ref.: 60


Por apenas

R$ 24,80 à vista - 8%

 


Compra 100% segura


Descrição completa

O preço apresentado refere-se ao metro quadrado (m²) da lâmina.

Por se tratar de uma lâmina natural, as cores, formas e desenhos apresentados nas imagens podem variar.
Caso necessário, solicite fotos do produto para conferir estas característcas antes do envio.

 

Características:

Nome científico: Couratari spp., Lecythidaceae.

Outros nomes populares: estopeiro, imbirema, tauari-amarelo, tauari-morrão.

Nomes internacionais: couratari (ATIBT,1982), ingipipa (Suriname), inguipipa (Guiana Francesa), mahot cigar, tauari (BSI,1991), wadara (Guiana), wandara.

Ocorrência: 
 Brasil: Amazônia, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia.
 Outros países: Guiana, Guiana Francesa, Suriname.

Características sensoriais: cerne e alburno indistintos pela cor; branco-amarelado a bege-amarelado-claro; brilho moderado; cheiro variável de pouco perceptível a perceptível, neste caso, desagradável, gosto levemente amargo; densidade média; macia ao corte; grã direita; textura média.

Descrição anatômica macroscópica: 
 Parênquima axial: pouco visível a olho nu, em linhas finas, numerosas, aproximadas, regularmente espaçadas, formando com os raios um reticulado quase uniforme. 
 Raios: pouco visíveis a olho nu no topo, na face tangencial é visível apenas sob lente. 
 Vasos: visíveis a olho nu, médios; muito poucos; porosidade difusa; solitários e alguns múltiplos de 3 e 4; vazios. 
 Camadas de crescimento: distintas, individualizadas por zonas fibrosas tangenciais mais escuras.

Durabilidade natural: apresenta baixa resistência ao ataque de organismos xilófagos (fungos e cupins). (IPT,1989a) Algumas espécies apresentam tendência a manchar (mancha azul), ocasionada por fungos manchadores, devendo ser utilizadas secas e protegidas da umidade. (IBAMA,1997a) Em ensaio de campo, com Madeira em contato com o solo, esta Madeira foi considerada como não durável, com vida inferior a dois anos. (Jesus et al.,1998

Tratabilidade: a Madeira de tauari, em ensaios de laboratório, quando submetida a tratamento sob pressão, demonstrou ser permeável às soluções preservantes. (IPT,1989a) É muito fácil de ser tratada tanto com creosoto (oleossolúvel) como com CCA-A (hidrossolúvel), aplicados sob pressão. (IBAMA,1997a